Denúncia muda rumo de investigação policial: Valmir Candia foi vítima de latrocínio.

A investigação da morte de Valmir Candia Cunha, ocorrida na madrugada da quarta-feira (07/05), considerava a prática de mais um homicídio em Pelotas, mas uma denúncia anônima mudou o rumo do trabalho policial. A partir da informação, a polícia localizou um jovem de 19 anos de idade que teria tentado assaltar Valmir. De acordo com a polícia, Valmir pode ter reagido à tentativa de assalto. Na casa do suspeito, os agentes da Delegacia de Homicídios apreenderam um revólver calibre 38, possivelmente a arma usada para cometer o crime. O inquérito policial foi enviado para a Delegacia de Roubos. Na estatística, Pelotas continua com o registro de 34 homicídios.

Valmir Candia Cunha de 52 anos de idade foi executado a tiros na avenida 25 de Julho – Zona norte de Pelotas. De acordo com a ocorrência policial, ele foi atingido por disparos de revólver no tórax.

 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Cotidiano

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS