Proposta do 14º salário do INSS sofre mudanças

Projeto deve ficar para 2023

A proposta que prevê a concessão em dobro do abono anual, o chamado 14º salário, aos segurados do INSS em caráter excepcional até 2023 não deve ser aprovada neste ano. 

 

n/d

 

Após receber parecer favorável na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados, a expectativa era que fosse votada nos próximos dias.

 

Mas o trâmite foi alterado para que o projeto seja agora discutido por comissão especial. Com isso, a possibilidade de o projeto ser aprovado neste ano ficou mais difícil.

 

O projeto de lei 4367/20 foi apresentado em 2020 para diminuir os impactos da crise econômica sobre os aposentados durante a pandemia de Covid-19.

 

O abono previsto é limitado ao valor de até dois salários mínimos (R$ 2.424), e as parcelas seriam pagas em 2022 e 2023, para aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios como os de morte, doença, acidente e reclusão.//Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Cotidiano

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS