Inflação perde fôlego pelo 2º mês seguido

Índice teve avanço de 0,47% em maio

O índice oficial de inflação no Brasil voltou a perder ritmo ao subir 0,47% em maio, na comparação com abril (+1,06%), de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 

 

n/d

 

Com a segunda desaceleração consecutiva, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo agora apresenta alta de 4,78% neste ano e de 11,73% no acumulado dos últimos 12 meses, valor menor do que o apurado em abril (12,13%) e que corresponde à primeira queda na base de comparação em um ano.

 

De acordo com o levantamento do IBGE, Porto Alegre teve a sexta maior variação do IPCA em maio, com 0,47%. Índice é menor que Recife (0,55%), Rio de Janeiro (0,56%), Aracaju (0,74%), Salvador (1,29%) e Fortaleza (1,41%). A variação acumulada no ano da Capital chegou a 3,14% e a verificada nos últimos 12 meses ficou em 10,79%.

 

Uma das contribuições para a desaceleração do indicador foi apresentada pela queda dos itens que fazem parte do grupo de habitação (-1,7%), com destaque para as contas de luz (-7,95%), que deixaram de ter a cobrança adicional de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos a partir do dia 16 de abril, com a adoção da bandeira tarifária verde.//Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Programa Realidade Rural

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS