Cresce a falta de pagamento de contas de água e luz

Mês de março bateu recorde, aponta Serasa

A inadimplência no pagamento de serviços básicos, como água e luz, bateu recorde em março deste ano. 

 

n/d

 

Segundo a Serasa, o percentual foi de 23,2%, maior valor para o mês dos últimos quatro anos. O número representa um aumento de 4 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2019.

 

São mais de 37 milhões de faturas atrasadas no segmento. A alta do valor da energia elétrica e dos alimentos tem pressionado a renda das famílias. Em janeiro deste ano, os calotes em serviços básicos bateram recorde geral – o percentual foi de 23,7%, o maior valor de toda a série histórica iniciada em janeiro de 2018.

 

A falta de pagamento de juros a bancos e cartões de crédito lidera o ranking das dívidas em março, com 28,17%, mas o segmento não teve um aumento acentuado como as contas básicas. 

 

Em relação a março de 2019, cresceu um ponto percentual. A inadimplência como um todo no Brasil está no terceiro mês de alta seguida, próxima à registrada no pico da pandemia de Covid-19, que foi em abril de 2020. Em março deste ano, 65,6 milhões de pessoas não conseguiram pagar as contas em dia.//Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Pelotense a Caminho do Sol - Musical

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS