Prévia da inflação é a maior para abril em 27 anos

Índice para o mês subiu 1,73%

A prévia da inflação oficial de preços subiu 1,73% em abril, a maior variação para o mês desde 1995, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 

 

n/d

 

A maior disparada mensal do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo desde fevereiro de 2003, quando teve aumento de 2,19%, faz o indicador acumular avanço de 4,31%, neste ano, e de 12,03%, nos últimos 12 meses.

 

Diante da série de altas, o Banco Central já admite que os índices oficiais de preços vão superar meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional para a inflação nos 12 meses de 2022, de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto (de 2% a 5%), pelo segundo ano consecutivo.

 

Mais uma vez, a alta foi influenciada pelos transportes (+3,43%), principalmente pelo aumento no preço da gasolina, que teve alta de 7,51% e contribuiu com o maior impacto individual no índice do mês, reflexo do reajuste no preço médio do combustível nas refinarias. 

 

Também subiram os preços do óleo diesel (+13,11%), do etanol (+6,6%) e do gás veicular (+2,28%).//Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Programa Realidade Rural

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS