PF investiga superfaturamento em provas do Enem

Operação apurou fraudes de R$ 130 milhões em impressão

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira, operação que apura suposto superfaturamento de R$ 130 milhões em contratos firmados com gráficas que imprimiam provas do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem. Segundo investigação, fraudes ocorreram entre 2010 e 2019.

 

n/d

 

De acordo com a PF, servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira favoreceram empresas em contratos milionários. A operação também aponta que funcionários são suspeitos de enriquecimento ilícito. O g1 entrou em contato com o órgão, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.//g1


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

A Noite é Nossa

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS