Déficit da Previdência cresce com a pandemia

Crescimento foi visto mesmo 2 anos após reforma

Apesar da reforma que completou dois anos neste mês, o déficit da Previdência registrou no período um crescimento de 18,6%, com o impacto da pandemia de coronavírus. O resultado entre a arrecadação e o total de benefícios ficou negativo em R$ 259 bilhões, no ano passado, e em R$ 225 bilhões até os nove primeiros meses deste ano.

 

n/d

 

O saldo negativo já acumula mais de R$ 484 bilhões nesses dois últimos anos e supera, em termos nominais, o total do déficit registrado nos dois anos anteriores à reforma. As informações se referem ao Regime Geral de Previdência Social, sistema voltado para os trabalhadores do setor privado, e constam do Boletim Estatístico da Previdência Social.

 

A redução na arrecadação e o aumento da despesa com a antecipação do 13º salário do INSS são os principais motivos para o aumento do rombo. A medida foi determinada pelo governo federal para diminuir os efeitos da Covid-19 entre os aposentados e pensionistas. Também foi antecipado o pagamento do Benefício de Prestação Continuada e do auxílio-doença.//Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Jornal Regional

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS