UFPel inicia testes de variantes do coronavírus

laboratório tem capacidade técnica de coletar até 100 amostras diárias, com resultados em até 72h

A Unidade de Diagnóstico Molecular da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) pesquisa possíveis cepas causadoras de coronavírus na cidade. O estudo começou há duas semanas com um trabalho de genotipagem.


Com isso, os pesquisadores pretendem diferenciar o genoma das infecções causadas pela variante chinesa das principais modificações do mundo, como de Manaus, Rio de Janeiro, África do Sul e até mesmo a indiana. O estudo é feito por meio de sondas, que identificam as possíveis mutações no genoma do vírus.

O laboratório tem capacidade técnica de coletar até 100 amostras diárias, com resultados em até 72 horas. Esse tipo de estudo permitirá aos cientistas poder compreender melhor as características do vírus e suas mutações, além de garantir uma maior efetividade em possíveis medidas de contenção e como lidar com a doençaImagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Atualidade Esportiva 2² Edição

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS