Fiocruz recebe nova remessa de IFA para vacina de Oxford

Quantidade é suficiente para produção de cerca de 8,9 milhões de doses

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), recebe no sábado (24) uma nova remessa de ingrediente farmacêutico ativo (IFA) para a produção da vacina Oxford/AstraZeneca contra a covid-19.

Segundo a Fiocruz, a remessa, que tem previsão de chegar da China às 20h15 no RioGaleão - Aeroporto Internacional Tom Jobim, tem um lote e meio do insumo, com aproximadamente 364 litros. A quantidade é suficiente para a produção de cerca de 8,9 milhões de doses.

Ainda de acordo com a Fiocruz, a instituição entregou, até agora, ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde, 20 milhões de doses do imunizante contra a doença. Desse total, 4 milhões eram de doses importadas da Índia e 16 milhões produzidas nas suas instalações no Rio de Janeiro. 

Na sexta-feira (23), a pasta recebeu cerca de 5,2 milhões de vacinas, 500 mil doses a mais do que as 4,7 milhões previstas inicialmente para esta semana. De acordo com a Fiocruz, na quinta-feira passada (22), pela primeira vez, a fundação atingiu a marca de 1 milhão de doses produzidas em um único dia.n/d


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Pelotense a Caminho do Sol

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS