Maior fabricante de vacinas contra Covid do mundo pede ajuda financeira ao governo indiano

Governo freou exportações das vacinas da AstraZeneca produzidas pelo Instituto Serum em meio a uma nova onda no 2º país mais populoso do mundo, que registrou novo recorde de casos

O Instituto Serum da Índia, maior fabricante de vacinas contra a Covid-19 do mundo, pediu ajuda financeira ao governo indiano por causa das restrições à exportação de imunizantes, afirmou o diretor-geral do instituto, Adar Poonawalla.

Ele disse que o instituto precisa de um financiamento adicional de 30 bilhões de rupias (US$ 408 milhões ou R$ 2,2 bilhões) para aumentar sua capacidade de produção. "O mundo precisa desta vacina e neste momento estamos dando prioridade às necessidades da Índia".

O governo do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, freou as exportações das vacinas da AstraZeneca fabricadas pelo Instituto Serum porque o segundo país mais populoso do mundo enfrenta uma nova onda de contágios e tenta acelerar a sua vacinação (veja mais abaixo).

Nesta quarta-feira (7), o país registrou um novo recorde de novos infectados (115.736) e o maior número de mortes desde novembro (630).

O Instituto Serum produz mais de dois milhões de doses diárias da Covishield — nome da vacina de Oxford/AstraZeneca produzida no país — e fornece a vacina a um preço subsidiado na Índia, muito menor do que o cobrado ao exportar.



n/d


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

-

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS