Deputado Ruy Irigaray é suspeito de usar assessores para reformar casa da família no RS; MP vai apurar

De acordo com depoimentos, funcionários do parlamentar ainda realizavam serviços de limpeza e cuidavam das filhas do casal Irigaray. Denúncia também cita "gabinete do ódio" e rachadinhas


O deputado estadual do Rio Grande do Sul Ruy Irigaray (PSL) é suspeito de utilizar funcionários do gabinete, em horário de expediente, para realizar atividades que não estão vinculadas ao trabalho como assessor. Entre elas, reformar a casa da sogra, localizada de frente para o Rio Guaíba, na Zona Sul de Porto Alegre, e cuidar as filhas do casal.

As declarações ao Ministério Público do Rio Grande do Sul foram feitas por Cristina Nebas, ex-servidora, e uma assessora, que não quis se identificar. O caso, que está em sigilo, será apurado pelo promotor de Justiça Flávio Duarte. Na terça-feira (9), as duas prestaram depoimento.

Em nota, o MP informou que "busca o esclarecimento de todo e qualquer fato, para que sejam tomadas as medidas legais cabíveis, caso haja a comprovação de ilícitos." n/d


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Jornada Esportiva ou A Música por Esporte

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS