Brasil vence Juventude e garante Série B em 2021

Xavante voltou a vencer o time de Caxias do Sul, desta vez, de virada

n/d

 

O Brasil ampliou a sua invencibilidade diante do Juventude em competições nacionais. Desde 1999, o Xavante não sabe o que é perder para o time da Serra Gaúcha. Na partida de onterm, teve um gosto todo especial para o time da zona sul do estado, com a vitória de virada, a garantia matemática da permanência na Série B da próxima temporada e ainda por cima, deu uma atrapalhada no Juventude, que ficou fora do G-4 com a derrota.

 

O JOGO

 

Foi muito bom o jogo. Tipíco clássico. Disputa pela bola intensa e a cada dividida podemos presenciar cada um dos times lutando por seus objetivos. O Juventude começou melhor, criando as melhores chances de gol. Não demorou muito para o time da Serra colocar a bola na rede. O atacante Rafael Grampola fez a jogada e deixou Capixaba na cara do gol, que não desperdiçou e abriu o placar para o Juventude.

 

Mas a reação Xavante foi meteórica. O Juventude ainda estava comemorando o gol quando o Xavante fez uma blitz na área do time visitante. A pressão foi tão grande que logo em seguida, Ricardo Marques Ribeiro marcou uma penalidade, muito bem assinalada , diga-se de passagem, pelo árbitro do jogo. O volante João Paulo interceptou um voleio de Bruno José com a mão. Matheus Oliveira bateu muito bem e deu a igualdade no placar.

 

Logo em seguida já chegou o segundo gol. Após cruzamento de Bruno Santos, da esquerda, Sousa ajeitou de cabeça e Diego Ivo, colocou a bola na rede e virou o placar na Baixada.

n/d

Festa da torcida Xavante após o jogo - Foto Rodrigo Oliveira

 

O Juventude sentiu a virada e foi para as cordas no final do primeiro tempo e deu graças a Deus que terminou o primeiro tempo. Mas o intervalo foi importante para o Juventude recuperar as forças e ir em busca do empate. Logo no começo do segundo tempo, o atacante Rogério teve duas grandes chances, na primeira ele acertou a bola na trave e na segunda, Rafael Martins fez uma grande defesa. E foi só o que o Juventude fez na segunda etapa de mais perigoso.

 

O Brasil teve três chances de marcar. Uma com Bruno José, após boa jogada de Matheus Oliveira, outra com Luiz Henrique e a melhor delas, com o volante Sousa, que seria um gol de placa, onde ele limpou quase toda a defesa do Juventude e finalizou para o gol, com a bola caprichosamente batendo na trave.

 

Os contra golpes se ofereceram para o Brasil e o Juventude se atirou com tudo em busca do gol e consagrou o sistema defensivo Xavante. Diego Ivo, Héverton e depois Leandro Camilo doutrinaram e conseguiram neutralizar o ataque do Juventude.

n/d

Diego Ivo com o troféu Craque Rádio Pelotense/GC2 Materiais Elétricos - foto: Carlos Insaurriaga

 

Com a vitória, o Brasil chega aos 47 pontos e afastou de vez qualquer risco de rebaixamento. O próximo jogo xavante será diante do Figueirense, na próxima sexta-feira, 17h30 no Orlando Scarpelli. A delegação iniciou o deslocamento na manhã desta quarta-feira para Florianópolis.


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Programa Amanhecer na Querência

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS