Pacientes com doenças reumáticas devem manter tratamentos na pandemia

Do total de entrevistados, 88% são mulheres

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Pesquisa da Sociedade Brasileira de Reumatologia revelou que 32% dos pacientes com doença reumática no país não tiveram contato com especialistas durante o período da pandemia, seja porque não buscaram ou porque não conseguiram. O levantamento foi realizado em parceria com a Sociedade Paulista de Reumatologia e ouviu, de forma virtual,1.793 pacientes em junho de 2020.

 

O médico Marcelo Pinheiro, presidente da Sociedade Paulista de Reumatologia e coordenador da pesquisa, alertou para a necessidade de que os pacientes busquem atendimento com reumatologistas, se houver necessidade, mesmo no contexto da pandemia, porque é importante que seja feito o diagnóstico e que se inicie o tratamento.

 

Do total de entrevistados, 88% são mulheres. Considerando o total da amostra, 3% relataram que contraíram a covid-19, sendo o maior grupo formado por portadores de artrite psoriática (7,46%) e o menor com lúpus (1,48%).

 

Do total de entrevistados, 17% pararam de tomar pelo menos um medicamento, dos quais 35% por conta própria, 37% por orientação médica e o restante não houve especificação. Segundo o estudo, o motivo alegado para a suspensão por conta própria está relacionado ao medo e risco de desfecho desfavorável.

 

Fonte: Agência Brasil


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Programa Opinião

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS