ONGs anunciam cem milhões de doses de vacinas para países pobres

As vacinas serão vendidas a 3 dólares por doses

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Cem milhões de doses adicionais das futuras vacinas contra a covid-19 foram reservadas para os países mais pobres, anunciou nesta terça-feira (29) a aliança mundial para a vacinação, a Gavi, que trabalha em conjunto com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

No início de agosto, a Gavi e a Fundação Bill e Melinda Gates anunciaram um acordo com o Serum Institute of India (SII), o maior fabricante de vacinas do mundo, para garantir o fornecimento de 100 milhões de doses aos países menos favorecidos.

 

As vacinas serão vendidas a 3 dólares por doses, segundo a aliança internacional.

 

Desenvolvidas pelas empresas farmacêuticas sueco-britânica AstraZeneca e a americana Novavax, as vacinas serão fabricadas pelo SII, que doará as doses para a coalizão contra o coronavírus criada pela OMS e denominada Covax (Covid-19 Vaccine Global Access, Acesso Global à Vacina contra a covid-19).

 

Esta colaboração permitirá ao instituto indiano aumentar desde o início sua capacidade de produção. Quando uma ou mais vacinas receberem a aprovação das agências reguladoras e autorização da OMS, as doses poderão ser distribuídas nos países de renda baixa e média, mas não antes do primeiro semestre de 2021.

 

No âmbito da colaboração, a potencial vacina da AstraZeneca estará a disposição de 61 países, enquanto a da Novavax será enviada para os 92 países apoiados pelo mecanismo Covax. O mecanismo Covax é parte do dispositivo internacional criado pela ONU para acelerar um acesso equitativo às ferramentas de combate à covid-19, o ACT Accelerator.

 

Fonte: Isto É


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Páginas de Portugal

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS