"Pagamento por aproximação" como forma de prevenir o novo coronavírus

Pagamentos sem ter que digitar a senha

n/dImagem da InternetFoto: Internet

Uma das medidas recomendadas para evitar o novo coronavírus é evitar encostar em superfícies que podem estar contaminadas, porque muita gente toca nelas. Por exemplo, corrimão, maçaneta, dinheiro e maquininha de cartão. No caso dos pagamentos, muita gente prefere fazer por transferência bancária ou aproximando cartões, relógios, pulseiras e telefones celulares da máquina.

 

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços identificou que, de janeiro a março deste ano, os pagamentos por aproximação movimentaram quase R$4 bilhões. Esse valor é 456% a mais que o gasto no mesmo período do ano passado.

 

Até a semana passada, só era possível fazer pagamentos por aproximação, sem ter que digitar a senha, quando o valor fosse de, no máximo, R$50. 

 

Agora, o valor aumentou para R$100. 

 

O pagamento sem contato é feito por meio de uma tecnologia chamada NFC, que usa radiofrequência de curto alcance, em um ambiente criptografado. 

 

Para fazer a transação, é preciso aproximar muito a sua forma de pagamento da máquina. Se essa distância for maior que 10 centímetros, provavelmente não vai funcionar. No cartão, o NFC já vem ativado, mas já existem capinhas para bloquear o sinal. No celular, ou no relógio, você pode manter o NFC desligado e só ativar quando for usar.

 

Outras dicas de segurança são: ativar as notificações sobre o uso do cartão, para saber sempre que uma compra for feita em seu nome, e não passar a senha para ninguém. As administradoras do cartão, que às vezes telefonam ou mandam e-mail, nunca pedem a senha.

 

E, se você desconfiar que pode ter sido vítima de furto ou uso indevido de um dispositivo de pagamento por aproximação, o procedimento é igual ao que a gente faz com os cartões convencionais. É preciso ligar imediatamente para a operadora do cartão e comunicar a possibilidade de fraude.

 

 

Fonte: Agência Brasil


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

-

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS