Uma recepção do tamanho da conquista xavante

Cerca de 30 mil pessoas festejam a conquista da vaga na Série B do Brasileiro

            Cerca de 30 mil pessoas saíram às ruas de Pelotas neste domingo para comemorar o acesso do Brasil à Série B do Campeonato Brasileiro. Um carnaval fora de época, que começou no sábado – tão logo o árbitro Marcelo de Aparecido de Souza encerrou o jogo no Estádio Castelão, em Fortaleza. O empate por 0 a 0 diante do Fortaleza determinou que o Rubro-Negro garantisse vaga na terceira divisão nacional e ainda passasse para as semifinais da Série C. Será próximo adversário é o Vila Nova, de Goiás.

 

n/dBrasil resistiu a pressão do adversário para assegurar a vagaFoto: Carlos Insaurriaga

 

            Com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 1 a 0 no Bento Freitas, dia 10, o Brasil asseguraria o acesso com o empate em Fortaleza. O jogo de sábado foi de extrema tensão. O adversário – empurrado por 60 mil torcedores – exigiu muito do sistema defensivo do Brasil. O goleiro Eduardo Martini se transformou no herói da classificação, realizando pelos menos seis defesas espetaculares. Por duas vezes, a bola bateu na trave. E teve tantos outros momentos de perigo, mas a defesa xavante se manteve resistente, especialmente na bola aérea.

 

            Ao final do jogo, a festa começou. No Castelão, os xavantes (cerca de 500 torcedores) comemoram a façanha na capital cearense. Uma manifestação que contrastava com o desolamento da torcida do Fortaleza, que chorava a eliminação nas quartas de final da Série C pela terceira vez. Em 2012 e 2014, o time tricolor caiu diante de Oeste e Macaé, respectivamente, dentro de casa. Exatamente como ocorreu agora contra o Brasil.

 

n/dTorcida xavante comemora acesso no CastelãoFoto: Carlos Insaurriaga

 

            CARREATA – O carnaval de sábado à noite na Avenida Bento Gonçalves foi o ensaio para a grande festa, que fez a cidade parar no domingo. A recepção à delegação xavante começou em Porto Alegre, justamente na chegada aeroporto Salgado Filho, por volta das 10h. Vários automóveis acompanharam o trajeto do ônibus, que trazia para Pelotas os “guerreiros” rubro-negros, pela BR 116.

 

 

            Na chegada à cidade, a delegação trocou o ônibus por um caminhão de trio elétrico e iniciou um percurso, que se estendeu por mais de cinco horas pela Avenida Fernando Osório, Rua Professor Araújo, Avenida Bento Gonçalves, Almirante Barroso e Princesa Isabel. O Bento Freitas se tornou pequeno para receber a multidão de rubro-negros. A festa terminou com a exaltação dos jogadores e membros da comissão técnica, que entraram no gramado para serem ovacionados pela Massa Xavante.

 

          n/dMultidão no Bento Freitas para recepcionar os heróis da classificaçãoFoto: Alisson Assumpção

 

               A caminhada do Brasil na Série C não terminou no jogo de sábado. Existem mais duas etapas para serem vencidas, o que pode culminar com a conquista de um título nacional. O próximo desafio é Vila Nova, que eliminou a Portuguesa nas quartas de final, com duas vitórias: 1 a 0 no Serra Dourada e 2 a 1 no Canindé. O primeiro jogo da semifinal será domingo, às 19h, no Bento Freitas.

 

            O Londrina também (a exemplo de Brasil e Vila Nova) está na Série B de 2016. A quarta vaga será preenchida nesta segunda-feira com a partida entre ASA e Tupi, em Arapiraca. O time de Juiz de Fora está com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 2 a 0. 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS