Última chance para seguir em frente na Série C

Brasil decide diante do Tupi, em Juiz de Fora, sua classificação para segunda fase e a manutenção do sonho de acesso

          n/dBrasil decide seu futuro na Série C diante do Tupi em Minas GeraisFoto: Jonathan Silva

      Depois de quatro meses da estreia no Campeonato Brasileiro da Série C, o Brasil tem neste domingo o jogo mais decisivo pela competição. É a última chance de confirmar presença na segunda fase. O time rubro-negro concorre com mais três equipes – Portuguesa, Juventude e Guarani – às duas vagas restantes do Grupo B. As duas primeiras vagas já foram asseguradas por Londrina e Tupi (adversário xavante nesta última rodada, em Juiz de Fora).

 

            Desde a primeira partida pela Série C – dia 16 de maio, contra o Juventude, em Novo Hamburgo (empate por 1 a 1) -, o Brasil somou seis vitórias, oito empates e três derrotas. Esteve sempre os quatro primeiros colocados do grupo. Até a 11ª rodada era o líder isolado e invicto, com aproveitamento de 69,9%. A classificação estava muito próxima, mas a equipe de Rogério Zimmermann parou de ganhar. Já se vão seis partidas sem vitória, o que determinou sua queda na tabela de pontuação – atualmente é o quarto colocado, com 26 pontos (mesma pontuação de Juventude e Guarani, que estão em quinto e sexto lugares).

 

            Se vencer o Tupi, às 15h deste domingo, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, o Brasil tem grande chance de garantir pelo menos a quarta colocação do grupo. Se ganhar por 1 a 0, obriga Juventude e Guarani a golearem seus adversários - Guaratinguetá e Caxias, respectivamente - (ver quadro abaixo). Até pode passar de fase com empate ou derrota – desde que faça resultado melhor do que os dos seus concorrentes.

 

             O Tupi já está classificado para a segunda fase (etapa na qual se decide quem sobre para a Série B), mas necessita de um empate para se garantir entre os dois primeiros colocados do grupo. Isso lhe assegura o direito de jogar em casa a segunda partida do mata-mata.

 

            EQUIPES – O técnico Rogério Zimmermann deve repetir a escalação da partida passada – derrota de 2 a 1 para o Guarani, no Bento Freitas. Ele confessou ter ficado satisfeito com o rendimento da equipe no primeiro tempo. O Brasil deve começar a decisão com Eduardo Martini; Wender, Leandro Camilo, Fernando Cardozo e Xaro; Leandro Leite, Washington, Diogo Oliveira e Felipe Garcia; Nena e Cleverson.

 

            O Tupi não terá dois jogadores suspensos: o zagueiro Fabrício Soares e o volante Genalvo. Como conta com seis atletas pendurados com dois cartões amarelos, o técnico Leston Junior deve fazer algumas escolhas, como deixar os laterais Osmar e Bruno Ré fora da equipe. O goleiro Gleisson (também “pendurado”) pode ser igualmente preservado. A provável escalação do time mineiro é Glaysson (George): Roger Luís, Sidimar, Lula e Carlos Renato; Felipe Alves, Rafael Jataí, Marco Goiano e Vinícius Kiss; Felipe Augusto e Geraldo.

 

            A arbitragem do jogo é de Pablo dos Santos Alves, que faz parte do quadro da Federação Paraibana de Futebol, com os assistentes Márcio Freire Lopes e Kildenn Tadeu Morais de Lucena.

 

Projeções para classificação

Com vitória

            - Vencer o Tupi e torcer por empate ou derrota de Juventude e Guarani para Guaratinguetá e Caxias, respectivamente

            - No caso dos três (Brasil, Juventude e Guarani) vencerem, a decisão vai para o saldo de gols. Se fizer 1 a 0 em Juiz de Fora, o Xavante tem que torcer para que o Juventude não ganhe por três de diferença do Guaratinguetá e nem que o Guarani aplique goleada de 6 a 0 no Caxias

            - Um dos dois (Juventude ou Guarani) pode vencer pelo escore necessário para classificação. Mas nesse caso, a Portuguesa terá que perder ou empar seu jogo com o Tombense, no Canindé, em São Paulo

           

Com empate

            - O empate é suficiente para classificação em Minas Gerais, desde que Juventude e Guarani não vençam na rodada

 

Com derrota

            - Mesmo perdendo o Brasil pode se classificar. Para isso, Juventude e Guarani também precisam perder, mas observando o critério do saldo de gols

            - O Brasil não pode perder levando mais do que dois gols em relação à derrota do Juventude e nem menos quatro na combinação com o Guarani

 

Rodada final

Domingo, 27/9

Grupo B

Madureira x Londrina

Juventude x Guaratinguetá

Portuguesa x Tombense

Guarani x Caxias

Tupi x Brasil

 

CLASSIFICAÇÃO -  SÉRIE C

Grupo B

Londrina

31

17

8

7

2

22

14

8

60.8

Tupi

30

17

8

6

3

18

13

5

58.8

Portuguesa

27

17

8

3

6

29

23

6

52.9

Brasil

26

17

6

8

3

28

20

8

51.0

Juventude

26

17

6

8

3

27

21

6

51.0

Guarani

26

17

6

8

3

18

14

4

51.0

Tombense

17

17

3

8

6

16

18

-2

33.3

Guaratinguetá

16

17

4

4

9

19

27

-8

31.4

Madureira

13

17

1

10

6

19

33

-14

25.5

10º

Caxias

8

17

0

8

9

11

24

-13

15.7

 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS