Pelotas retorna para bandeira laranja no Distanciamento Controlado

A região Sul está com risco médio para o novo coronavírus

n/dImagem da InternetFoto: Internet

Pelotas retornou para a bandeira laranja no Distanciamento Controlado do Governo do Estado na sexta-feira (17). De acordo com a divulgação preliminar da 11ª semana do modelo, com vigência entre os dias 21 e 27 deste mês, a região Sul está com risco médio para o novo coronavírus.

 

Segundo o governo estadual, a zona apresentou melhora nos indicadores: o de “variação semanal do número de novas hospitalizações”, o de “variação no número de confirmados em leitos clínicos” e o de “número de leitos livres para cada leito ocupado”. A região esteve por duas semanas consecutivas em bandeira vermelha, o que poderia acionar uma trava de segurança que faça com que a terceira semana, automaticamente, vá para risco alto. 

 

Entretanto, um recurso da prefeita Paula Mascarenhas foi deferido pelo Comitê de Crise, levando todo Estado para mudança da regra da trava de segurança para regiões que apresentarem melhorias em seus indicadores.

 

Para a prefeita, esta alteração serve de reflexão quanto ao isolamento social. “Recebemos a informação da 3ª Coordenadoria [de Saúde] que o fator decisivo para este retorno foi o credenciamento de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Bagé, que faz parte da Macrorregião Sul, e soubemos também que a região teve duas hospitalizações a menos, podendo ficar em bandeira laranja”, explicou a chefe do Executivo.

 

Entretanto, Paula reforça que a diminuição do risco não deve provocar relaxamento das medidas preventivas por parte dos pelotenses. “Não devemos achar que tudo está normal, que vencemos a pandemia, não é verdade. Conseguimos retornar com muito esforço, percebemos uma leve estabilidade nas internações, tudo isso deve nos estimular, como sociedade, a praticarmos, cada vez mais, o isolamento social, respeitando os protocolos”, defendeu a gestora. A Prefeitura vai analisar as diretrizes da bandeira e avaliar o cenário para decidir sobre novas medidas para o município nos próximos dias.

 

O agravamento da pandemia no Rio Grande do Sul deixou 18 das 20 regiões do modelo em bandeira vermelha na divulgação preliminar. Na décima rodada, 10 regiões estava em bandeira laranja e nesta sexta, apenas Bagé manteve o risco médio. Cruz Alta, Erechim, Lajeado, Ijuí, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, Santa Rosa, Santo Ângelo e Uruguaiana passaram para risco alto para o novo coronavírus, juntando-se a Porto Alegre, Canoas, Cachoeira do Sul, Capão da Canoa, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara, que já estavam em bandeira vermelha.

 

Fonte: ASCOM Pelotense


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Adalim Medeiros Show

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS