Defesa de Moro cita "necessidade urgente" de liberação da íntegra de vídeo da reunião

De acordo com Moro, a transcrição parcial revela "disparidade de armas"

Imagem da Internet

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, citou em nota oficial na noite desta quinta-feira, a "necessidade urgente" da liberação da íntegra do vídeo da reunião ministerial citada por ele em depoimento. De acordo com Moro, a transcrição parcial revela "disparidade de armas" entre AGU e defesa. 

 

A nota, publicada em seu Twitter, cita que há trechos das declarações do presidente, mas há omissão de trechos relevantes para a compreensão adequada. Cita, ainda, a "segurança do Rio de Janeiro", como trecho precedente. 

 

Encerra dizendo que os fatos posteriores, como a demissão do diretor geral da Polícia Federal, "confirma que as referências diziam respeito a PF e não ao GSI". Por conta disso, ficaria reforçada a "necessidade urgente" de liberação da integralidade do vídeo, finaliza o documento, assinado por Rodrigo Rios, advogado de Sergio Moro.

 

Fonte: Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS