Estudo confirma que perda de olfato e paladar é comum na COVID-19

Os distúrbios olfativos geralmente ocorrem ao mesmo tempo que os sintomas gerais

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

A perda de olfato e/ou paladar são sintomas comuns em pessoas com a COVID-19 na Europa, de acordo com um estudo coordenado por dois médicos otorrinolaringologistas vinculados à Universidade de Mons (Bélgica).

 

Este estudo realizado em 417 pacientes infectados (263 mulheres e 154 homens) com o novo coronavírus, mas de maneira “não grave”, mostra que 86% apresentam problemas com o olfato (a maioria não sente mais nada) e que 88% têm distúrbios do paladar.

 

Os distúrbios olfativos geralmente ocorrem ao mesmo tempo que os sintomas gerais (tosse, dor muscular, perda de apetite, febre) e os sintomas otorrinolaringológicos (dor facial, nariz entupido) da doença.

 

Às vezes, porém, a perda do olfato, ou do paladar, ocorre após esses outros sintomas (em 23% dos casos), ou antes (em 12% dos casos).

 

Sem explicação aparente, as mulheres são mais propensas à anosmia (perda de olfato) do que os homens.

 

O estudo indica que quase metade dos indivíduos (44%) recupera o olfato em um período bastante curto de 15 dias.

 

“Os outros pacientes devem manter a esperança” de recuperar o olfato “dentro de 12 meses”, sendo a recuperação nervosa “um processo lento”, de acordo com o comunicado de imprensa publicado pela Universidade de Mons (Umons).

 

A recuperação do paladar é um processo mais “aleatório”, que pode acontecer antes, ao mesmo tempo, ou após a recuperação do olfato.

 

Os dois especialistas que coordenaram o estudo, Jérôme Lechien e Sven Saussez, recomendam considerar o aparecimento da anosmia e disgeusia (perda parcial, ou total, do paladar) em pacientes sem histórico otorrinolaringológico como “um sintoma específico de infecção por COVID-19”.

 

Como medida de precaução, essas pessoas “devem ser consideradas potencialmente infectadas pela COVID-19 e, portanto, isoladas por um período mínimo de sete dias”, mesmo que não desenvolvam nenhum dos outros sintomas característicos da doença.

 

Fonte: Isto É


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Sempre é Carnaval

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS