Trump pede o fim do confinamento por coronavírus nos EUA

Governador de Nova York tenha avisado que a crise atingirá seu pico nesse período

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

O presidente Donald Trump anunciou nesta terça-feira (24) que deseja aliviar o isolamento causado pelo novo coronavírus nos Estados Unidos e reativar a economia em três semanas, embora o governador de Nova York tenha avisado que a crise atingirá seu pico nesse período.

 

“Muitas pessoas concordam comigo. Nosso país não foi projetado para fechar”, disse ele à Fox News. “Pode destruir um país dessa maneira, fechando-o”, assegurou o presidente

 

“Eu adoraria ter o país aberto e realmente quero que seja para a Páscoa”, disse Trump nesta entrevista em um formato de programa de bate-papo. A Páscoa será em 12 de abril.

 

Medidas de distanciamento social e quarentena foram instituídas em grande parte dos Estados Unidos, levando a uma queda acentuada da atividade na maior economia do mundo.

 

A campanha presidencial para as eleições de novembro foi outra vítima significativa da quarentena, já que vários comícios foram cancelados.

 

Especialistas em saúde apontaram que as medidas de isolamento e paralisação são a única maneira de impedir que a doença facilmente transmissível e com risco de vida se multiplique incontrolavelmente

 

Trump pediu um período de observação de 15 dias que termina no início da próxima semana. Mas o presidente garantiu nesta terça-feira (24) que as medidas foram exageradas.

 

Apesar das críticas à sua administração da pandemia, Trump continua a ter números fortes nas pesquisas. No último levantamento, feito pelo instituto de pesquisas de Monmouth, 50% das pessoas consultadas aprovaram o tratamento da crise, contra 45% que não aprovaram.

 

Fonte: Isto É


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Pelotense a Caminho do Sol

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS