Dia Mundial de Luta contra a AIDS

O Ministério da Saúde estima que 900 mil pessoas vivam com HIV no Brasil

n/d

Pessoas que vivem com o vírus HIV, familiares e amigos realizaram na manhã neste domingo (1º) um ato debaixo dos arcos da Lapa, no centro do Rio de Janeiro, lembrando o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. A data foi instituída em 1988 pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 

O Ministério da Saúde estima que 900 mil pessoas vivam com HIV no Brasil, sendo que 135 mil não sabem que estão infectadas. Nos últimos cinco anos, o número de mortes pela doença caiu 22,8%, passando de 12,5 mil, em 2014, para 10,9 mil, em 2018. Em todo o mundo, a ONU estima que cerca de 1,7 milhão de pessoas tenham sido infectadas ao longo do ano passado. A disseminação da doença, embora seja 16% inferior ao observado em 2010, preocupa o organismo internacional. 

 

Uma recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) aos países é a busca da denominada meta 90-90-90, para garantir que 90% das pessoas que vivem com o vírus sejam diagnosticadas. Dessas, ao menos 90% precisam ter acesso ao tratamento. E 90% dos pacientes que estão tratando devem conseguir reduzir o vírus a níveis indetectáveis. Estudos apontam que a pessoa com carga viral indetectável não transmite o HIV.

 

Fonte: Agência Brasil 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Adalim Medeiros Show

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS