Resistência à indicação de Eduardo Bolsonaro persiste

A indicação do deputado para assumir a embaixada brasileira ainda não oficializada

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Quase três meses depois de ter sido anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro, a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para assumir a embaixada brasileira nos Estados Unidos, ainda não oficializada pelo Executivo, está longe de ter os votos necessários para ser aprovada no Senado. 

 

Uma atualização de levantamento do jornal O Estado de S. Paulo mostra que, mesmo depois de fazer "campanha" na Casa, o filho "03" do presidente tem apenas 15 dos 41 votos necessários – mesmo número registrado em agosto.

 

Um terço (27) dos 81 senadores consultados disse que vai votar contra a indicação. Além desses, oito afirmaram estar indecisos e 31 optaram por não responder. Foi o caso do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). A assessoria do senador – que tem trabalhado pela aprovação do deputado – afirmou que ele aguardará o resultado da sabatina para tomar sua decisão.

 

Na primeira edição do placar, no início do agosto, Alcolumbre informou que não votaria, ainda que o regimento permita. Naquele momento, o levantamento apontava que havia 15 votos declarados a favor da indicação e 29 contra. Outros 36 senadores não revelaram como votariam – 29 não quiseram responder e sete se declararam indecisos.

 

Fonte: Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS