Inflação fica em 0,01% em junho e é a menor do ano, diz IBGE

A menor taxa para 2019

imagem da internetimagem da internetFoto: internet

 

A redução dos preços dos transportes e alimentos puxaram para baixo a inflação no mês de junho. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país, ficou em 0,01% em junho, a menor taxa para 2019, e 0,12 ponto percentual abaixo do registrado no mês anterior.


Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice acumula alta de 2,23% no ano e de 3,37% nos últimos 12 meses, abaixo da meta de 4,25% definida para 2019.


Os preços dos transportes e produtos alimentícios, caíram 0,31% e 0,25%, respectivamente, na comparação com maio, contribuindo para o resultado. 


A redução nos custos dos transportes veio da queda nos preços dos combustíveis, em particular da gasolina, que recuou 2,04% no período. Tanto o óleo diesel quanto o etanol ficaram mais baratos, -0,83% e -5,08%, respectivamente. O etanol recuou em todas as áreas pesquisadas.


Já em termos de alta nos preços, os impactos mais intensos no grupo Transportes foram das passagens aéreas, que subiram 18,90%, e dos ônibus urbanos, com alta de 0,39%. “Essa alta nas passagens aéreas foi por conta dos feriados de junho e da Copa América. Havia também uma base mais baixa em maio, com redução de aproximadamente 20% no preço”, avalia Gonçalves.


O grupo Gêneros Alimentícios apresentou o segundo resultado negativo seguido, pressionado pela redução nos preços das frutas e do feijão carioca, que somam três quedas consecutivas. O setor também teve altas de 5,25% no tomate e de 0,47% nas carnes. No primeiro semestre do ano, os preços dos alimentos acumulam crescimento de 2,89%.

 

Fonte: Correio do Povo
 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Cotidiano

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS