Motoristas profissionais das categorias C, D e E já podem fazer reciclagem preventiva

Evitando a suspensão do direito de dirigir

n/d

 

A partir desta quinta-feira (11/7), motoristas profissionais habilitados nas categorias C, D e E (caminhão, ônibus e veículo articulado) já podem optar pela reciclagem preventiva para não terem sua atividade profissional prejudicada. O curso pode ser realizado assim que o condutor completar entre 14 e 19 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), evitando a suspensão do direito de dirigir que ocorre quando o condutor atinge os 20 pontos.


A alternativa somente poderá ser utilizada para condutores habilitados nas categorias C (veículos de carga), D (veículos de transporte de passageiros) e E (veículo conjugado) que têm a inscrição “exerce atividade remunerada” no verso da CNH. Com a conclusão do curso de reciclagem preventiva, a pontuação por infrações de trânsito é retirada do prontuário do condutor. Apenas se somar outros 20 pontos nos doze meses seguintes ele terá a CNH suspensa.


A reciclagem preventiva não se aplica às infrações mais graves, como embriaguez ao volante, excesso de velocidade acima de 50%, prática de racha e outras que já preveem processo de suspensão do direito de dirigir. A reciclagem preventiva também só pode ser realizada uma vez a cada 12 meses.


O motorista interessado em fazer a reciclagem preventiva deve verificar se preenche todos os critérios: ser habilitado nas categorias C, D ou E, ter registro de “exerce atividade remunerada” na CNH, ter entre 14 e 19 pontos no prontuário referentes a infrações dos últimos 12 meses e ter o prontuário de habilitação registrado no RS em situação regular.


A seguir, deve procurar o Centro de Formação de Condutores de sua preferência e se matricular no curso preventivo de reciclagem, de 30 horas/aula, que pode ser realizado presencialmente no CFC, ou pela internet, na modalidade a distância (EAD), através dos portais das empresas cadastradas junto ao Detran. O serviço deverá ser concluído no prazo máximo de 40 dias. Para concluir, o condutor deve agendar o exame teórico no CFC e fazer a prova preventiva de reciclagem, aplicada pelo Detran exclusivamente na modalidade eletrônica.

 

Fonte: Governo do Estado do RS
 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS