Pesquisa da Oxfam revela percepção do brasileiro sobre desigualdades

Os brasileiros sabem que o Brasil é desigual

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Os brasileiros acreditam que o desenvolvimento do país passa pela redução das desigualdades e que cabe ao estado a tarefa de diminuir as diferenças. Os brasileiros sabem que o Brasil é desigual. E uma pesquisa divulgada pela Oxfam Brasil nesta segunda-feira (8) mostra como os brasileiros enxergam essa desigualdade.

 

Poucos acreditam na mudança. Quase 6 a cada 10, ou seja 57%, acham difícil mudar o cenário da desigualdade. É o caso do vendedor de milho José Bonifácio, que mora em São Paulo. Ele sabe que na maior cidade do país, por exemplo, o lugar de nascimento faz toda a diferença.

 

Segundo a pesquisa, 86% ou praticamente 9 a cada 10 brasileiros, acreditam que para o país progredir é preciso diminuir as diferenças entre ricos e pobres. E outros 84% acreditam que essa é uma tarefa que cabe aos governantes.94% das pessoas acreditam que os impostos devem ser usados para beneficiar os mais pobres.

 

E 75% dos brasileiros defendem investimentos públicos em saúde e educação.

 

Para Oded Grajew, presidente do Conselho da Oxfam Brasil, a pesquisa revela um descompasso entre as políticas públicas que defendem o estado mínimo e o desejo da população.

 

Oded também lembra que os brasileiros percebem uma injustiça na distribuição tributária, e que é preciso que os ricos paguem mais para reduzir as desigualdades.

 

A pesquisa da Oxfam ouviu 2.086 pessoas em 130 cidades, rurais e urbanas, em todas as regiões do país. As entrevistas foram feitas entre os dias 12 e 18 de fevereiro.

 

 

Fonte: Agência Brasil


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Pelotense a Caminho do Sol

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS