Brasil piora em ranking de 2018 dos países menos corruptos

Transparência Internacional

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Em 2018, o Brasil piorou e caiu 9 posições no ranking elaborado pela Transparência Internacional que avalia a percepção da corrupção no setor público em 180 países. Neste ano, a pontuação brasileira recuou para 35 e o país passou a ocupar 105º lugar no Índice de Percepção da Corrupção (IPC), o que representa o pior resultado desde 2012. Quanto melhor a posição no ranking, menos o país é considerado corrupto.

 

O IPC pontua e classifica os países com base no quão corrupto o setor público é percebido por executivos, investidores, acadêmicos e estudiosos da área de transparência. Ele analisa aspectos como propina, desvio de recursos públicos, burocracia excessiva, nepotismo e habilidade dos governos em conter a corrupção. Os países recebem notas de 0 a 100 – sendo 0 igual a um alto grau de percepção da corrupção, e 100, um alto grau de percepção de integridade no setor público.

 

O Brasil vem caindo no ranking desde 2014. Em 2016, o Brasil ficou em 79º. Em 2017, o país estava na 96ª colocação. "Esse ano, chegamos à posição 105. A oitava economia do mundo [está] ocupando uma posição bastante constrangedora no ranking”, afirmou Bruno Brandão, diretor-executivo da Transparência Internacional no Brasil.

 

Fonte: G1 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Sempre é Carnaval

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS