Não existe alinhamento automático com partidos, diz Bolsonaro

O presidente eleito defendeu uma rápida liberação de emendas

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

 

Após passar a tarde reunido com as bancadas do MDB e do PRB, em Brasília, o presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou que teve uma "conversa proveitosa" e que o apoio das legendas virá a partir da identidade em torno de propostas, sem "alinhamento automático".

 

"Não existe um alinhamento automático de nenhum partido, não é isso que nós buscamos. Nós buscamos é o entendimento. É o que eu tenho dito pra eles, eu posso não saber a fórmula do sucesso, mas a do fracasso é essa que foi usada até o momento, distribuir ministérios e bancos para partidos políticos.

 

Essa fórmula não deu certo", afirmou. Bolsonaro disse que colocará os ministérios à disposição dos parlamentares para o atendimento de demandas.

 

O presidente eleito também defendeu uma rápida liberação de emendas parlamentares e garantiu que não fará "jogo de empurra" para prejudicar os deputados.

 

Fonte: Agência Brasil 
 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

NO AR

Cotidiano

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS