Após Moro ministro, Lula pede novo interrogatório em processo de terreno

Lula será ouvido na quarta-feira, 14

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

 

O ex-presidente Lula pediu à juíza Gabriela Hardt na noite desta quarta-feira (7), um novo interrogatório na ação sobre supostas propinas da Odebrecht – um terreno que abrigaria o Instituto Lula e um apartamento vizinho à cobertura de São Bernardo do Campo – após o juiz federal Sérgio Moro aceitar o superministério da Justiça do Governo Jair Bolsonaro (PSL). Este processo está em fase final, pronto para sentença.

 

Lula foi interrogado nesta ação em 13 de setembro do ano passado. O depoimento durou cerca de duas horas. A juíza Gabriela Hardt assumiu os processos da Lava Jato após a saída de Sérgio Moro. Na segunda-feira, 5, a magistrada começou a interrogar os réus da ação penal sobre o sítio de Atibaia, processo em que Lula também é réu e será ouvido na quarta-feira, 14.

 

Fonte: Estadão Conteúdo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

NO AR

Programa Super Tarde

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS