Trump está "moralmente incapacitado" para ser presidente, afirma ex-diretor do FBI

Trump demitiu ex-diretor do FBI de forma abrupta

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

O ex-diretor do FBI James Comey, demitido ano passado por Donald Trump, criticou ontem,, em uma entrevista, o presidente americano, que ele considera "moralmente incapacitado" para governar o país. As declarações Comey representam o episódio mais recente de uma guerra de palavras que com Trump, que algumas horas antes - em uma série de mensagens no Twitter - criticou o ex-diretor do FBI e sugeriu que ele deveria estar preso.

 

A entrevista de Comey ao canal ABC foi exibida antes do lançamento, na terça-feira, de seu livro de memórias, "A Higher Loyalty: Truth, Lies and Leadership" (Uma lealdade maior: verdade, mentiras e liderança), no qual ele descreve os contatos com o presidente republicano.

 

"Não acredito que ele esteja medicamente incapacitado para ser presidente. Eu acredito que ele está moralmente incapacitado para ser presidente", disse Comey a respeito de Trump, em sua primeira entrevista desde que foi demitido em maio de 2017.

 

Trump demitiu Comey de forma abrupta, inconformado com a investigação de um possível conluio de sua campanha eleitoral em 2016 com Moscou para prejudicar a candidata democrata Hillary Clinton. O ex-diretor do FBI também comentou na entrevista como Trump "fala sobre as mulheres e as trata como se fossem pedaços de carne. Ele disse ainda que o presidente "mente constantemente sobre assuntos grandes e pequenos".

 

Fonte: Correio do Povo


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

NO AR

Multiesporte - Apresentação: Sergio Cabral

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS