Presidentes eleitos desde 1989 tinham ao menos 17% das intenções de voto em abril

Divulgada a primeira pesquisa feita após a prisão de Lula

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Desde 1989, todos os candidatos à Presidência da República eleitos tinham ao menos 17% das intenções de voto em pesquisas Datafolha do mês de abril do ano da eleição, de acordo com levantamentos do instituto consultados pelo UOL.

 

Neste domingo (15), o Datafolha divulgou a primeira pesquisa feita após a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no dia 7. Ao todo, foram apresentados nove cenários, e apenas dois pré-candidatos superaram a "nota de corte" observada desde a redemocratização (17%): o próprio Lula, que foi testado em três quadros e variou entre 30% e 31% das intenções de voto, e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que nos seis cenários sem 

 

Lula ficou com 17%. Quando o petista aparece, Bolsonaro chega a no máximo 16%. A ex-senadora Marina Silva (Rede-AC) alcançou 16% em uma das simulações de primeiro turno.

 

Dos quatro presidentes que venceram as sete eleições realizadas nas últimas três décadas, Fernando Collor de Mello foi quem tinha o índice mais baixo em abril de 1989: 17%. O pleito vencido pelo hoje senador de Alagoas e pré-candidato à Presidência, pelo PTC, foi também o mais fragmentado da história do Brasil, com 22 candidatos.

 

Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi o único a conseguir "virar" a disputa, em 1994. Na ocasião, ele estava 16 pontos percentuais atrás de Lula em abril (21% contra 37% do petista), mas conseguiu vencer o pleito ainda no primeiro turno.

 

O tucano por sua vez, tinha o cenário mais favorável das sete eleições a essa altura da disputa quando se reelegeu para um segundo mandato, em 1998. Em abril daquele ano, ele já ostentava 41% das intenções de voto. Para o cientista político Ricardo Ismael, professor da PUC-Rio, a eleição de 2018 "talvez se aproxime mais da de 1989".

 

Fonte: UOL


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

NO AR

Programa Super Tarde

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS