Renan defende liberdade de Lula, critica STF e diz que ‘Michel encolheu’

Senador publicou um vídeo contra a prisão do petista

Imagem da InternetImagem da InternetFoto: Internet

Aliado do ex-presidente Lula (PT) para estas eleições, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) publicou um vídeo nas suas redes sociais, nesta quinta-feira (8), contra prisão do petista. “Se prenderem o Lula sem trânsito em julgado no Supremo Tribunal Federal, depois da condenação sem provas, não tenham dúvidas:atirarão o país na mais insana e inconcebível crise institucional”, previu. Renan também cobrou o que chama de “papel moderador” do STF no caso.

 

A defesa do ex-presidente apresentou ao Supremo um pedido de habeas corpus, que foi remetido pelo ministro Edson Fachin ao pleno, mas não foi incluído pela presidente da Corte, Cármen Lúcia, na pauta. Não há previsão para que isso aconteça.

 

“Nenhuma democracia sobrevive sem Constituição e sem que um dos poderes assuma a condição de poder moderador. Não tem jeito”, afirmou. “O Supremo tem que ser o poder moderador, não pode deixar de exercer esse papel constitucional, senão outro o exercerá, com prejuízo para a jovem democracia do Brasil”, cobrou ainda.

 

Fonte: UOL


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

NO AR

Jornal Regional

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS