Poucas opções para o ataque

Zimmermann conta ainda com escassas alternativas para escolher ataque ideal

 

n/d

            Dois jogos, nenhum gol. O Brasil empatou por 0 a 0 os dois primeiros amistosos preparatórios para o Gauchão. Os números não são relevantes – nem para destacar a solidez defensiva, nem para sugerir dificuldade no ataque. O que preocupa é a escassez de opções disponíveis no elenco, especialmente para o setor ofensivo. Essa questão foi reconhecida pelo técnico Rogério Zimmermann após o jogo de sábado em Novo Hamburgo.

 

            O treinador testou formações diferentes nesses dois jogos. No primeiro, contra o São Paulo, o trio ofensivo contou com Aloísio, Jean Silva e Gustavo Papa. Um articulador, um velocista e um centroavante de área foram os escalados no primeiro teste do ano. Já diante do Novo Hamburgo, saiu Papa e entrou Lenílson (foto), deixando a equipe com uma formação mais parecida com a que disputou o Gauchão e o primeiro turno do Brasileiro da Série B.

 

            Rennan Oliveira entrou no segundo tempo dos dois jogos, mas vem sendo lançado aos poucos. Rodrigo Silva não estreou ainda, embora tenha ficado no banco de reservas em ambas partidas. Ele chegou há pouco mais de semana ao clube. Além do grupo reduzido, Zimmermann não tem escalado alguns jogadores por precaução – é o caso de Teco, Marlon e Rodrigo Silva.

 

            O que pode ser um indicativo é que nas duas partidas, o Brasil contou com três jogadores fortes na tarefa de marcação do meio-campo. Leandro Leite, Nem e Wender (no primeiro jogo); Galiardo (no segundo). A temporada está começando diferente para Evaldo. Em 2016, ele jogou apenas uma partida oficial (a última no ano contra o Avaí). Agora, o zagueiro desponta como o curinga da defesa rubro-negra.

 

            Mais um teste para observação será realizado nesta quarta-feira, às 17h30, diante do São José, no Passo D’Areia, em Porto Alegre.

 

            REFORÇOS – A diretoria do Brasil espera superar alguns entraves na elaboração do contrato de empréstimo pelo Inter do volante João Antônio para poder confirmar a contratação. O jogador está treinando no Bento Freitas desde o começo da semana passada. Já Bruno Lopes, que está em Portugal, só deve chegar a Pelotas no final de semana.

 

            LIGA – O Brasil fará apenas um jogo em casa em sua primeira participação na Primeira Liga. A partida no Bento Freitas está marcada para o dia 7 de fevereiro, às 19h30, contra o Criciúma. Antes, no dia 1º, o Xavante enfrenta o Internacional no Beira-Rio na rodada de abertura do torneio. Já o jogo com o Fluminense deve ser ocorrer no dia 1º de março. O local é que não está ainda definido. Pode ser Juiz de Fora. (Foto: Jonathan Silva/Assessoria GEB)

 

 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Sempre é Carnaval

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS