Pelotas não resiste líder do grupo

Na penúltima rodada da primeira fase, a derrota de 2 a 0 em Venâncio Aires

            n/dXuxa na derrota do Pelotas em Venâncio AiresFoto: Luís Gustavo Amaral/Assessoria ECP

              O Pelotas pretendia aproveitar o jogo diante do Guarani, nesta quinta-feira, no Estádio Edmundo Feix, em Venâncio Aires, para se afirmar numa nova fase na Divisão de Acesso. Mas não conseguiu. O time áureo-cerúleo voltou a perder: 2 a 0. Nas últimas nove partidas, a campanha mostra claramente as dificuldades enfrentadas nesta primeira fase da competição. São duas vitórias, dois empates e cinco derrotas.

 

            Com os resultados da penúltima rodada, o Pelotas caiu para a quinta posição do Grupo A, com 18 pontos – um a menos do que o Avenida, que goleou o Riograndense por 5 a 1 em Santa Maria. No domingo, o time pelotense fecha a primeira fase, justamente contra o Riograndense, que está virtualmente rebaixado. Já o Guarani é o líder, com 27 pontos. São oito partidas de invencibilidade – desde a chegada do técnico Tonho Gil.

 

            A derrota de 2 a 0 para o Guarani começou ser definida logo aos 42 segundos de jogo, quando Padilha fez 1 a 0. Depois, o Pelotas assumiu o domínio da partida e passou a criar chances para empatar o jogo. Foram cinco oportunidades para chegar ao gol. No encerramento do primeiro tempo, aos 45, Fernando Urnau acertou um chute de fora da área e ampliou a vantagem do Guarani.

 

            No segundo tempo, o Pelotas não repetiu a atuação do primeiro e não conseguiu evitar a derrotar no Edmundo Feix. O técnico Luís Carlos Winck lamentou a falta de precisão na finalização das jogadas. “Nós criamos bastante, mas ali perto da área faltou um pouco mais de qualidade para definir a finalização”, comentou. “Não fazer o gol é que deixa a gente triste, por tudo que produzimos”, completou.

 

            ACESSO – As 10 equipes classificadas para a segunda fase estão definidas. No Grupo A passaram Guarani/VA, Brasil/FAR, São Gabriel, Avenida e Pelotas. Riograndense e Inter/SM fazem lutam contra o rebaixamento. Já Inter/SM e Santa Cruz disputam no duelo direto da última a condição de escapar do “confronto da morte”.

           

            No grupo B se classificaram Caxias, São Luiz, Tupi, União Frederiquense e Esportivo. O Marau está virtualmente rebaixado. Já a indesejada vaga no “confronto da morte” (entre os penúltimos colocados de cada grupo) está entre Panambi e Santo Ângelo.

 

GRUPO A

Col.

Equipes

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

1

Guarani/VA

27

13

8

3

2

22

9

13

2

Brasil/FAR

26

13

8

2

3

22

13

9

3

São Gabriel

22

13

6

4

3

22

15

7

4

Avenida

19

13

5

4

4

23

12

11

5

Pelotas

18

13

5

3

5

18

17

1

6

Santa Cruz

12

13

3

3

7

8

17

-9

7

Inter/SM

11

13

2

5

6

11

20

-9

8

Riograndense

8

13

2

2

9

10

33

-23

Grupo B

 

Col.

Equipe

PG

J

V

E

D

GP

GC

SG

1

Caxias

29

13

9

2

2

30

9

21

2

São Luiz

22

13

6

4

3

14

11

3

3

Tupi

21

13

5

6

2

15

11

4

4

União

19

13

5

4

4

21

21

0

5

Esportivo

19

13

4

7

2

17

11

6

6

Panambi

11

13

2

5

6

17

21

-4

7

Santo Ângelo

10

13

2

4

7

7

22

-15

8

Marau

7

13

1

4

8

8

23

-15

 

 

 

 


Rádio Pelotense - AM 620 KHZ

  3222-4334

NO AR

Cotidiano

Ouvir agora

Desenvolvido por:

PluGzOne - Criação de Sites e Desenvolvimento de Sitemas Web, Mailmarketing, SMS em Pelotas - RS